BPO Financeiro: como definir o preço do seu serviço

BPO Financeiro: como definir o preço do seu serviço

BPO Financeiro

Quer começar a oferecer BPO Financeiro, mas ainda tem dúvidas na hora de definir o preço do seu serviço? Sabemos que a precificação é um dos maiores desafios para quem quer se inserir nesse mercado, isso porque a conversa vai além do valor em si. Existe uma grande preocupação relacionada ao serviço que será entregue, como ele será entregue ao cliente, do modelo de negócio adotado entre outras questões. 

Para esclarecer algumas dúvidas e dar dicas de como precificar os serviços de BPO Financeiro, Gabriel Gaspar, CEO do Nibo, conversou com Eliandro Prado, CEO da OmegaPrice Contabilidade, que é referência no assunto.

Assista ao webinar:

Por que oferecer o serviço de BPO Financeiro?

“Existia um abismo entre o empresário e a contabilidade. O BPO Financeiro veio para construir uma ponte entre esses dois universos”, explicou  Eliandro Prado.

Para o contador, a terceirização da área financeira surge como uma oportunidade de fazer a contabilidade de uma forma muito mais efetiva, onde o contador possa assumir uma posição estratégica e se diferenciar no mercado agregando valor aos seus serviços

Como definir quanto cobrar?

Eliandro Prado define 5 passos essenciais para avaliar antes de determinar o preço cobrado pelo o serviço de BPO Financeiro, que dão origem a metodologia 5 Cs:

1. Companhia: qual o seu modelo de negócio? Neste momento, você deve pensar e definir como será a padronização do serviço, o nível de automatização utilizada, o alinhamento do processo e o tipo de demanda.

2. Custos: qual o custo da operação? Avalie toda estrutura de custos para ter a operação funcionando, ou seja, custos fixos, variáveis, investimentos, margem de lucro, tempo investido… É importante que todos esses pontos sejam mapeados.

3. Clientes: quem são seus clientes? Pense no público que você quer atingir e nas possibilidades de serviço que você pode oferecer considerando o perfil desses potenciais clientes. A partir disso, será possível começar a elaborar o escopo do seu serviço de BPO Financeiro.

4. Competição Mercado: quem são seus concorrentes? Busque estar atento ao que acontece no mercado, analisar e entender o comportamento dos seus concorrentes. Uma boa dica é construir uma matriz swot para analisar o ambiente em que está inserido e manter sua estratégia de negócio atualizada.

5. Cadeia de valor: qual é a sua proposta de valor? Faça um mapeamento pontuando como seu serviço atua nas dores dos seus clientes, quais são as tecnologias utilizadas, quem são seus fornecedores, o nível de maturidade da sua operação, como o seu negócio pode se destacar da concorrência e qual será o seu posicionamento do mercado e do seu público-alvo.

Após estruturar todos esses pontos, é o momento de definir o escopo do seu serviço. Pense na padronização do serviço de BPO Financeiro que será oferecido e, em seguida, crie planos de execução considerando tudo que você pode entregar para atender as necessidades dos seus clientes. Determinar qual será a estratégia de precificação será essencial para que você não se perca na hora de cobrar e alinhar o processo comercial da sua operação.

Rotina contábil: 6 passos para melhorar a organização da sua empresa

Deixe o seu comentário

    Comente com o seu e-mail Comente com o Facebook