Proteja-se do Ransomware: o “vírus” do sequestro de dados contábeis

Proteja-se do Ransomware: o “vírus” do sequestro de dados contábeis

A palavra ransomware já foi vista por você em alguma situação na internet? Pode ser que você nem saiba que esse nome esquisito é utilizado para denominar um vírus que pode realizar um sequestro de dados contábeis no computador da sua empresa.

Pode-se dizer que a internet está presente em tudo e seu uso no dia a dia é constante, seja com conversas triviais em redes sociais ou mesmo em e-mails importantes da firma.

Com todo esse avanço, serviços bancários e contábeis também se encontram disponíveis através dela. Afinal, não existe nada mais prático do que resolver tudo com um simples “click” sem precisar abrir mão da comodidade da sua casa.

Sem sombra de dúvidas, isso é maravilhoso. Contudo, é importante alertar que com toda essa praticidade proporcionada pela internet, também acontece um grande perigo, até porque o cuidado com vírus e golpes dentro desse universo já não é mais um segredo.

O que é Ransomware?

O vírus do sequestro de dados contábeis é um software nocivo para as máquinas e de alto risco, podendo ser muito perigoso para os computadores e incrivelmente lucrativo aos cibercriminosos.

Uma vez infectado, o computador emite vários pop-ups que alertam o bloqueio de seus arquivos ou até mesmo do computador, informando ainda que é necessária uma chave (normalmente de 30 dígitos) de descriptografia para efetuar o desbloqueio.

Normalmente, o pagamento para a suposta liberação do Malware é feita através de bitcoins, o que dificulta ainda mais a possibilidade de descobrir os criminosos.

É importante alertar que ele não apenas se trata de um vírus, visto que também são capazes de infectar seus arquivos ou software e até se reproduzir.

No caso de arquivos contábeis, dados de clientes, informações financeiras e documentos fiscais ficam vulneráveis com esse tipo de vírus.

Se o sequestro de dados contábeis acontecer, muitos clientes poderão ser prejudicados de uma só vez e todas as informações confidenciais irão correr o risco de chegarem a ser expostas. Isso causaria uma enorme dor de cabeça para que esse problema pudesse ser consertado.

Além disso, pode acontecer que o Ransomware inutilize seus arquivos em troca de uma quantia (em bitcoin), e isso torna a incerteza da liberação da máquina, podendo efetuar o pagamento e o computador continuar criptografado.

Maneiras de contrair o Ransomware

Nesse mundo sem fim que é a internet, estamos sempre vulneráveis a qualquer tipo de ataque, seja ele de vírus ou malware.

Lembrando que, a quantidade de pessoas leigas dentro do cybermundo é enorme e isso já facilita bastante o modo de agir.

A forma como esses criminosos infectam as máquinas é muito comum: utilizam sites maliciosos, links suspeitos, e-mail controversos, dentre muitos outros.

Por isso, é importante tomar cuidado em qualquer página que for acessar, até mesmo as compartilhadas em redes sociais, onde é um dos maiores meios utilizados por eles.

Quando entramos em algum site suspeito ou fazemos um download de fontes inseguras, muitas vezes um arquivo em segundo plano é enviado para o seu computador, começando a infectá-lo em grandes escalas.

Sabendo o modo como eles agem, fique atento com:

  • Não abra qualquer link em redes sociais, se algum amigo enviar alguma notícia que não condiz com o perfil dele, pergunte antes de acessar.
  • Verifique a integridade do e-mail antes de ir clicando. – Muitas vezes eles utilizam de mensagens informando algum débito importante ou atualização de dados bancários.
  • Não faça downloads de fontes desconhecidas.

Sim, você é um alvo em potencial!

Aposto que estava se perguntando se sua máquina poderia ser alvo desses criminosos, e a resposta é: SIM.

Todos somos, uma vez que acessamos algum desses meios de proliferação do malware, somos vulneráveis a esse golpe. Não podemos esquecer o quanto essa prática é lucrativa para eles.

Até com os computadores utilizados para lazer e estudo não acontece diferente, suas fotos em família e arquivos pessoais também podem ser alvo para esses cibercriminosos.

Mas e se ocorresse o sequestro de dados contábeis, o que aconteceria?

Vamos imaginar que você tem uma empresa contábil em que seja um foco interessante para esses criminosos instalarem um ransomware, e o seu negócio tem como finalidade cuidar de dados contábeis de outras empresas, o que é uma responsabilidade muito grande.

Uma vez infectado, o malware criptografará os arquivos inutilizando todos esses arquivos importantes para a sua empresa e também as que confiam em seu trabalho, lembrando que esse vírus pode também inutilizar a sua máquina muitas vezes forçando-o a formatá-la.

Essa prática realmente deixa tanto as empresas como as pessoas vulneráveis ao pagamento que muitas vezes pode não ser baixo, em que tudo depende do valor atual do bitcoin.

Tipos de Ransomware

Ransomware Flash Player1. Adobe Flash Player: Em outubro de 2017 aconteceu um ataque reconhecido pela empresa russa de antívirus Kaspersky, um ataque que não utilizava o uso de “exploits“, mas sim, “drive-by attack“.

Em que alguns sites infectados obrigam seus visitantes a fazer uma suposta atualização do Adobe Flash Player, para que os vídeos sejam executados. Uma vez que a pessoa inicia o download e executa o arquivo.exe, a sua máquina torna-se danificada.

Portanto, todo cuidado é pouco. Procure ficar atento sempre que algum aviso aparecer, o próprio site da Adobe disponibiliza atualizações em que você pode verificar também a versão mais recente.

Ransomware Reverton2. Ransomware Reveton: Conhecido também como Reveton, o malware é um tipo que se espalhou rapidamente.

Ele exibe um aviso remoto de que, supostamente, algum órgão de segurança do seu computador está sendo utilizado para causas ilegais, como por exemplo pirataria. Com isso, a exposição do seu IP e ativação da webcam, deixa o ataque ainda mais verídico, fazendo a vítima realmente acreditar que está sendo vigiada.

Ransomware

3. Ransomware CryptoLocker: Nessa nova versão, quando a máquina já se encontra infectada e bloqueada, um aviso em Pop-up é anunciado, gerando uma chave criptografada (30 dígitos). Um resgate em bitcoin é pedido, e, caso não seja pago dentro do prazo, as chaves serão excluídas e o usuário perderá todos os seus arquivos.

Esse mercado lucrativo e nocivo possui uma variedade de versões cada vez mais poderosas e os tipos informados acima são os mais comuns.

Para proteger o seu computador, você pode recorrer aos antivírus, existe uma variedade de opções como o Avast, AVG e o Kaspersky.

Evitando e solucionando o Malware

Uma vez contaminado por esse software nocivo, a chance de perdas é absurda, então o importante é evitar que se chegue nessa situação. A partir disso, é preciso tomar algumas medidas de segurança e redobrar a atenção para sites duvidosos e download sem fontes seguras.

Para uma empresa contábil, o sequestro de dados contábeis pode gerar muitos problemas com os clientes, principalmente quando se é responsável por armazenar informações fiscais, que são dados privados.

Para evitar que aconteçam aborrecimentos e até problemas na justiça por causa de sequestro de dados contábeis, recomenda-se algumas medidas de prevenção da segurança.

Por mais que seja um vírus extremamente perigoso para os seus dados pessoais e arquivos, ele é facilmente combatível com algumas prevenções básicas, como:

  • Antivírus Atualizado.
  • Sistema operacional atualizado.
  • Backup de seus arquivos importantes.
  • Em casos de sistema como Windows, manter o firewall ativado.
  • Bastante atenção em sites, e-mail, links e downloads.

É importante alertar que o melhor caminho sempre será a prevenção, mas em casos de infecção de sua máquina existem alguns passos que podem ser efetuados.

Se o malware não for o bloqueador, que inutiliza qualquer meio de acesso ao seu computador, a forma de eliminá-lo torna-se mais fácil.

Basta entrar no modo seguro de sua máquina e executar o antivírus para que ele localize o arquivo e elimine-o, ou se preferir, pode eliminá-lo manualmente.

Em casos mais extremos quando o software é bloqueado pelo Ransomware, a solução realmente acaba sendo a restauração do sistema.

Exatamente por esse motivo, fazer backup de seus arquivos é muito importante. Até porque, no fim das contas, você está lidando com criminosos e, efetuar o pagamento do resgate não é certeza de que eles vão realmente liberar os seus dados bloqueados.


Equipe Nibo

Somos um time de especialistas focados em tornar a sua gestão financeira mais eficiente. Deixe um comentário ou ligue para nós, estamos sempre a postos para ajudá-lo!

Principais formas de avaliar o desempenho do seu escritório contábil Fortaleça sua cultura para obter mais resultados

Deixe o seu comentário

    Comente com o seu e-mail Comente com o Facebook