Manual de Gestão Financeira e Orçamentária

Manual de Gestão Financeira e Orçamentária

A gestão financeira e orçamentária de uma empresa é feita através de alguns procedimentos envolvendo todas as atividades financeiras empresariais, tendo como objetivo melhorar os resultados obtidos e o valor do patrimônio através da geração de lucratividade.

Havendo uma gestão financeira e orçamentária dentro dos padrões, os administradores terão condições de visualizar a real situação da empresa, podendo analisar e tomar as melhores decisões para otimizar os resultados.

A gestão financeira e orçamentária da empresa, portanto, para o administrador é a melhor forma de conseguir bons resultados com sua administração.

Mesmo sendo uma ferramenta de extrema importância, ainda existem profissionais que encontram certas dificuldades para implementar a gestão financeira dentro de sua empresa. Um bom método é procurar um contador especializado, que possa fornecer todas as informações, aplicando as ferramentas necessárias dentro das necessidades de cada empresa.

Essa decisão é importante, uma vez que cada empresa possui suas próprias características e, mesmo com ferramentas similares, como o fluxo de caixa, o planejamento financeiro e os controles e projeções, sempre haverá situações que exijam detalhamento específico.

O que será abordado nesse manual?

  • Qual a importância da gestão financeira e orçamentária;
  • Como fazer uma gestão financeira e orçamentária;
  • Funções necessárias na gestão financeira e orçamentária;
  • Ações exigidas e erros mais comuns na gestão financeira e orçamentária;

Qual a importância da gestão financeira e orçamentária?

A gestão financeira e orçamentária é a melhor ferramenta para que uma empresa possa conseguir bons resultados, mantendo o controle detalhado de todos os setores para que os administradores possam estabelecer o planejamento estratégico empresarial.

Um dos motivos mais recorrentes com relação às empresas que não conseguem se manter é exatamente a falta de controle em sua área financeira e econômica.

Quando a empresa não mantém as informações atualizadas sobre os valores movimentados, juntamente com materiais de consumo e matérias primas, contas a pagar e receber, os administradores não sabem o que está ocorrendo e que decisão precisam tomar.

A gestão financeira e orçamentária, dessa forma, é um meio para garantir que a empresa esteja aplicando seus recursos da melhor forma possível.

Como fazer uma gestão financeira e orçamentária?

A gestão financeira e orçamentária deve ser implantada através de algumas ferramentas apropriadas, garantindo que os dados estejam atualizados e refletindo a realidade econômica da empresa.

Uma das principais ferramentas é o planejamento financeiro, que se mostra como a pedra fundamental para qualquer tipo de empreendimento. Através do planejamento financeiro é possível ao administrador saber quais são os custos mais importantes de sua empresa, podendo analisar o que precisa ser feito.

Com o planejamento financeiro torna-se também muito mais fácil manter o fluxo de caixa da empresa, possibilitando que tenha os recursos necessários para todas as suas atividades.

Além do planejamento financeiro, é necessário manter um orçamento para a empresa, que deve ser dividido em períodos, no mínimo, mensais. Esse orçamento é quem deve orientar o controle de gastos.

Com o orçamento em mãos, o administrador terá melhores condições de analisar onde precisa investir os recursos e quanto irá gastar em cada um dos projetos que pretende implantar ou dar continuidade.

Além disso, o orçamento financeiro permite que o administrador tenha uma projeção do lucro que a empresa poderá conseguir, possibilitando simular os investimentos possíveis através dos lucros obtidos.

Finalmente, a terceira ferramenta para a gestão financeira e orçamentária da empresa deve ser o fluxo de caixa. O fluxo de caixa é o monitoramento de todos os valores que entram e saem da empresa dentro de um período de apuração, sendo considerado o principal aliado da administração.

Além dos valores reais lançados, o fluxo de caixa também permite fazer uma previsão dos recebimentos e pagamentos, permitindo que o administrador saiba qual será sua movimentação nos próximos períodos.

Como podemos perceber, a gestão financeira e orçamentária é a base para o sucesso de qualquer empresa. Sem ela, não há como administrar mesmo o mais simples dos empreendimentos.

Ações exigidas e erros mais comuns na gestão financeira e orçamentária

Entre as ações exigidas para que a gestão financeira e orçamentária esteja com os dados atualizados, merecem destaque as seguintes:

  • Análise e planejamento financeiro, que possibilita o planejamento das ações para oferecer melhorias para a empresa;
  • Uso dos recursos financeiros através da captação dos recursos necessários e da aplicação correta dos recursos disponíveis;
  • Análise de crédito de clientes, para melhor administrar o recebimento e manter o controle das contas a receber;
  • Manutenção do fluxo de caixa, lançando todos os recebimentos e pagamentos e mantendo o controle sobre a disponibilidade financeira
  • Controle de contas a pagar, inserindo os valores e compromissos financeiros sempre que são apurados, mantendo-os dentro de suas datas de vencimento.

Ao mesmo tempo que destacamos as ações corretas, devemos alertar para os erros mais comuns apresentados na gestão financeira e orçamentária da empresa e que devem ser evitados:

  • Lançamentos de valores errados no saldo do caixa, nos estoques de mercadorias, em despesas e nos valores de contas a receber e contas a pagar;
  • Falta de informações sobre custos de investimentos e financiamentos;
  • Falta de dados sobre as operações da empresa e sobre seu ciclo financeiro;
  • Falta de tratamento do capital de giro e de sua necessidade para a empresa;
  • Falta de integração entre os setores produtivos e administrativos;
  • Não adequação da necessária política de estoques;
  • Falta de conhecimento dos resultados apresentados pela empresa;
  • Indefinição do valor de retirada dos sócios;
  • Falta de cálculos adequados para estabelecer preços de vendas.

A maior parte dos erros cometidos na gestão financeira e orçamentária da empresa, infelizmente, não são decorrentes das ferramentas, mas da falta de conhecimento em sua aplicação, situação que leva a resultados errôneos.

Ao mesmo tempo em que se trabalha com as ferramentas apresentadas anteriormente, a empresa deve manter seus empregados treinados e com conhecimento para acompanhar o crescimento e desenvolvimento da empresa, melhorando as formas de conseguir informações e implementando métodos que facilitem a gestão da empresa.

Dessa forma, a gestão financeira e orçamentária da empresa precisa ser corrigida, mantendo todas as informações corretas e atualizadas no dia a dia, mantendo o compromisso de oferecer a cada momento a situação real do empreendimento.

Para isso é necessário manter os registros organizados, conferindo todos os documentos apresentados e acompanhando todas as contas para manter o fluxo de caixa dentro da realidade.

Quando falamos em fluxo de caixa não nos referimentos apenas ao movimento de cédulas no caixa da empresa, mas também de todos os controles bancários, incluindo os investimentos financeiros praticados pela empresa.

Ao mesmo tempo é preciso estabelecer regras que devem ser seguidas por todos os colaboradores e sócios, utilizando os recursos empresariais para a empresa e fazendo a separação dos valores que envolvem a vida pessoal dos sócios.

É isso! Esperamos que tenha ficado bastante claro a importância da gestão financeira e orçamentária. Se você gostou, compartilhe esse conteúdo no seu facebook ou linkedin! Até a próxima!

Equipe Nibo

Somos um time de especialistas focados em tornar a sua gestão financeira mais eficiente. Deixe um comentário ou ligue para nós, estamos sempre a postos para ajudá-lo!

Entregue mais valor para seu cliente em 24 horas Como vendas e financeiro se complementam?

Deixe o seu comentário

    Comente com o seu e-mail Comente com o Facebook