Aprenda como montar um planejamento financeiro (que funciona!)

Aprenda como montar um planejamento financeiro (que funciona!)

Montar um planejamento financeiro não é uma tarefa fácil, fazê-lo funcionar então, muitas vezes parece ser mais difícil ainda. Conseguiu se identificar com essa situação?

Pois é, isso acontece com todo mundo. Mas não precisa se preocupar, existem algumas regras bastante simples, mas bastante eficientes para montar um planejamento financeiro que realmente funciona.

A seguir, você vai conhecer as 10 principais regras que poderá aplicar no seu dia a dia:

1. Faça o acompanhamento diário do movimento financeiro

A primeira dica é acompanhar diariamente todas as receitas e despesas. Tudo isso porque, quando você monta um planejamento financeiro, logo fica sabendo como está o movimento de entradas e saídas.

Assim, quanto mais controlada estiver a movimentação do seu dinheiro, menos vai depender de fatores como sorte e destino para conseguir seus objetivos.

Uma alternativa que tem sido muito utilizada é uso de aplicativos de gerenciamento financeiro, que pode ser acessado até mesmo pelo celular.

Mesmo assim, se o uso de aplicativos não for muito do seu gosto, você pode recorrer à planilha eletrônica, que também oferece excelentes recursos.

2. Compre apenas o que tem necessidade

Agora, responda a esse questionamento: Você possui algum ponto fraco para manter controle sobre suas compras?

Se a sua resposta for sim, sempre que tiver que fazer compras, faça uma lista do que precisa e resista a impulsos na hora de comprar.

Dessa forma, você poderá se controlar e evitar comprar coisa supérfluas, sem necessidade. Afinal, não tem nada pior do que realizar uma compra e se arrepender de depois, não é mesmo?

3. Compare os preços antes de fazer as compras

A pesquisa de preços se tornou muito fácil com a internet e isso precisa ser usado ao seu favor. Assim, é possível fazer uma comparação entre diversos fornecedores e garantir maior economia nas despesas.

É preciso perceber que uma economia de 10% em um determinado produto pode significar muito no final de cada exercício, e melhor do que isso, ainda vai garantir uma poupança extra.

4. Só utilize cartão de crédito quando tiver benefícios

Quando se faz um planejamento financeiro, ter um cartão pode ser um grande perigo, por isso, tente usá-lo somente quando necessário e com uma organização prévia.

Ele oferece a vantagem de parcelar uma determinada compra, principalmente quando o produto a ser comprado é mais caro, oferecendo, inclusive, uma reserva de capital.

Além de não pagar juros em compras parceladas, alguns cartões também oferecem milhas e tudo o que é comprado pode ser revertido em pontos para garantir descontos em novas compras ou viagens aéreas.

Para tirar proveito de ter um cartão, procure ficar de olho em todas as vantagens que ele pode oferecer.

Lembrando que também existem cartões que possibilitam descontos em eventos e, dessa forma, podem ser utilizados.

5. Se puder ter descontos, pague à vista

Outra dica importante: sempre que houver possibilidade de conseguir algum desconto, faça suas compras à vista. É uma outra maneira de garantir economia nas despesas e maior lucratividade.

Devemos atentar para o fato que, no planejamento financeiro, você não irá precisar fazer lançamentos de parcelas mensais, acumulando prestações.

6. Estabeleça metas em seu planejamento financeiro

Mesmo com o planejamento financeiro, você já parou para pensar quais são as metas que pretende alcançar?

Para ter um bom planejamento financeiro também é preciso ter metas definidas, já que elas são importantes para que se possa transformar em realidade os seus objetivos.

Quando trabalhamos com dinheiro e valores, devemos garantir uma reserva de capital e estabelecer metas, e claro, verificar periodicamente os resultados conseguidos.

Você vai perceber que isso permite também que possamos encontrar meios de solucionar problemas imprevistos que possam surgir.

7. Faça uma análise mensal do seu planejamento financeiro

Uma outra medida que deve ser tomada é a análise mensal. O planejamento financeiro e os objetivos estabelecidos devem ser analisados todos os meses, e isso é feito só para garantir que você está seguindo o caminho certo.

Para garantir que seu planejamento financeiro esteja indo em direção aos seus objetivos, a análise mensal é essencial. Dessa forma, você vai saber o quanto possui de resultado acumulado, pode estabelecer novos objetivos ou até mesmo cumprir com aqueles que estavam programados.

8. Mantenha um padrão de vida de acordo com sua condição financeiras

É muito comum que a maioria das pessoas prefira viver aproveitando cada vez mais o presente, sem mesmo pensar em poupar ou investir, gostando apenas de fazer compras e gastar o dinheiro muitas vezes em coisas supérfluas.

Se você quer garantir um planejamento financeiro que realmente funcione, vai conseguir facilmente viver de acordo com seu padrão socioeconômico.

Se esse é um dos seus casos, é importante ficar atento às condições que sua empresa está vivenciando ou mesmo como você está levando as finanças, para que não caia na tentação de gastar mais do que pode.

Viver de acordo com o seu padrão de renda é essencial para qualquer pessoa ou empresa. Numa organização, os investimentos devem ser feitos de acordo com as possibilidades e dentro dos objetivos estabelecidos. Na vida pessoal, o ideal é que a condição seja a mesma.

9.   Mantenha-se atualizado em relação ao investimentos

Na época em que estamos passando por juros extorsivos no cartão de crédito, no cheque especial e nos financiamentos, é importante conhecer mais sobre investimentos e saber onde aplicar o dinheiro, para que não fique rendendo apenas o que é estabelecido pela caderneta de poupança.

E atenção, existem inúmeras possibilidades de investir o que foi economizado. E isso vai garantir um resultado melhor para seu planejamento financeiro.

Além disso, quando você estuda, você acaba ganhando conhecimento e informação é algo que sempre será útil e que nunca poderá ser tirado de você.

10. Estabeleça objetivos realistas

Com relação ao planejamento financeiro, tente ser realista em relação aos rendimentos, aos investimentos e às despesas necessárias para sua empresa ou para sua vida pessoal.

Quando você é realista com relação ao planejamento, você também será terá os pés no chão na hora de alcançar os objetivos estabelecidos, tendo a previsão do que poderá ou não fazer dentro de um determinado período.

Ao trabalhar com seu planejamento financeiro, considere, portanto, todos os valores consumidos, todos os valores recebidos e a lucratividade que você poderá ter dentro o exercício fiscal.

Com isso, poderá montar um quadro de seus objetivos de uma forma mais clara e concisa, podendo investir com mais tranquilidade, sabendo que poderá cumprir com seus compromissos.

Dessa forma, a premissa básica para que você faça um planejamento financeiro que funcione é bem simples: mantenha o foco naquilo que você está pretendendo. Como sabemos, dinheiro não cai do céu e não dá em árvores, o que conseguimos é sempre resultado de nosso trabalho e dedicação.

Tendo em ordem o seu planejamento financeiro você não será pego em qualquer situação mais complicada, não precisará a recorrer a um empréstimo, por exemplo, para cobrir determinados custos, ou mesmo para atender qualquer emergência.

Lembre-se que você é responsável por tudo que ganha e gasta. Com um planejamento financeiro bem montado, você terá um futuro mais previsível e concreto e, principalmente, vai evitar surpresas desagradáveis.


Guardou todas as dicas sobre planejamento financeiro? Agora é hora de colocar tudo em prática, coloque tudo no papel e mãos à obra!

Equipe Nibo

Somos um time de especialistas focados em tornar a sua gestão financeira mais eficiente. Deixe um comentário ou ligue para nós, estamos sempre a postos para ajudá-lo!

10 passos para voar no Programa de Parceria Nibo Entregue mais valor para seu cliente em 24 horas

Deixe o seu comentário

    Comente com o seu e-mail Comente com o Facebook